5 lugares em Londres para quem é obcecado por queijo

Prepare-se para sentir muita fome depois de ler esse post

Durante a Segunda Guerra Mundial, a Inglaterra produzia (e racionava) apenas um tipo de queijo. Haviam mais de três mil produtores de queijos antes da primeira guerra; e ao final da segunda, apenas 100 sobreviveram. Receitas para alguns dos queijos tradicionais do país foram perdidas para sempre. Hoje em dia, são cerca de 700 (alguns dizem já por volta de 900) variedades de queijo, pelo menos 400 tipos a mais do que a França. Aliás, os queijos ingleses andam ocupando espaço tanto no paladar francês, quanto belga, espanhol, americano e asiático. Enquanto pequenos produtores europeus estão deixando o negócio por não mais conseguirem competir com concorrências maiores ou simplesmente porque a geração seguinte decide seguir outros caminhos, exatamente o oposto acontece nas terras da Rainha, principalmente fazendeiros produtores de leite. Em 2016, na premiação internacional de queijos que acontece todo ano desde 1987 em Nantwich, metade das cinco mil inscrições foram britânicas. A mesa dos jurados chegou a tremer com o peso dos queijos.

Os ingleses só não dominaram o mercado mundial porque os produtores não conseguem acompanhar a demanda, sem falar na força da libra que torna a importação mais cara.

Mas se você estiver por Londres, você pode tirar um bom proveito dessa ascensão dos queijos britânicos e se deliciar com pratos com muito queijo. Mas muito queijo mesmo.


The Cheese Truck

Um sanduíche de queijo grelhado quase obsceno de tão bom. Vendido em uma antiga van de sorvete dos anos 70, já viajou internacionalmente pelas ruas, eventos e festivais da França, Turquia, Abu Dhabi e Dubai. O tradicional sanduíche com queijo cheddar tem outras versões no cardápio com queijo de cabra e mel e também com bacon e chutney de pêra. A “truck” funciona aos finais de semana no mercado de Camden Town, e o novo Cheese Bar, recentemente inaugurado, abre todos os dias e fica ali pertinho, sete minutos da estação de metrô. Possui algumas outras opções como fondue, profiteroles de queijo, raclette, cheeseburger e claro, sobremesas para fechar com chave de ouro.

Neal’s Yard Dairy

A Neal’s Yard Dairy trabalha com cerca de 40 fabricantes de queijo do Reino Unido e restante da Europa, inclusive a família Cravero que matura parmesão e grana padano desde 1855. O armazém possui instalações para controlar a maturação, temperatura e umidade e assim fornecer queijo da melhor forma possível. Possui três endereços em Londres: Bermondsey, Borough Market e Covent Garden.

The Cheese Wheel

Tem gente que coloca um pouco de queijo na massa, mas os amantes queijeiros comem queijo com um pouco de massa. Esse food truck em Camden Town serve massa fresca que mergulha, como o nome sugere em inglês, em uma roda de queijo gigante. Você pode acrescentar pancetta, cogumelos ou tomate seco.

Champagne and Fromage

Aqui champanhe funciona bem com todos os queijos. Além de tábuas de queijos artesanais de diferentes regiões francesas, o restaurante serve um clássico Raclette com batatas “para aquecer o coração”. Uma das outras deliciosas opções do cardápio é o camembert ao forno com trufas, chorizo ou alho e ervas.

Melt Room

O descolado Melt fica no Soho e tem sanduíches de queijo grelhado no qual você pode adicionar cebola, pastrami, beterraba, cogumelo, atum ou frango. Possui também uma opção com mascaporne e nutella e outra com pasta de amendoim. Em datas comemorativas, o queijo derretido é colorido. O menu ainda possui o tradicional fish and chips com bastante queijo derretido em cima, mac and cheese e batatinhas fritas completamente cobertas de queijo cheddar.

Onde comer bem em Londres por £10 ou menos

Sim, dá pra comer bem sem gastar todas suas libras e precisar vender um rim

Tá bom, tá bom. Vocês já me falaram quinhentas vezes que Londres é uma cidade cara, principalmente para comer.

Mas a verdade é outra.

É caro para comer em restaurantes:

  • turísticos (e ruins)
  • chiquérrimos (desculpa, aí rycah)
  • metidos à hipsters (CINCO LIBRAS PARA UM MISTO QUENTE?)

“Ah, mas além de ser caro, é impossível encontrar comida boa”. Gente, apenas parem. Londres tem ou tinha essa fama porque a comida típica é meio fraquinha e porque sim, os cafés (ou como eu chamo, boteco inglês) servem comida ruim. OK, tem uns pratos que meudeusdocéu, mas isso é assunto para um outro post.

Reprodução/White Fish Restaurant
Fish and chips = bleh, não gosto de peixe

Outra ilusão que as pessoas têm é que qualquer outra cidade na Europa é bem MAIS barata. Uns dois euros pode até ser, mas a qualidade nem sempre será a mesma, quanto mais o sabor. Imagino que São Paulo, Londres e outras cidades grandes como essas, as pessoas possuem um paladar mais… como posso dizer… Exigente?

Fui num restaurante indiano em Lisboa classificado como o melhor da cidade e muita gente dizia que era super barato. Mas o sabor tá bem longe de um restaurante mediano em Londres (tava mais para os pratos prontos do Waitrose). Não era ruim, mas não era incrível. Quanto ao preço, a única diferença era que o naan bread e o arroz custavam um euro e cinquenta a menos. Tudo nessa vida é relativo.

Eu já dei dicas de comer economizar em Londres aqui e aqui. Então já está provado que dá sim para gastar pouco. E dá para gastar por volta de £10 comendo fora. E comendo muito bem. A seguir, uma lista onde você vai sair feliz e satisfeito com sua gordice e seu bolso.

Liman
Comida Turca – £6,90
Liman
Um dos meus favoritos em Angel (Nothern Line, logo após King’s Cross), o Liman tem um serviço atencioso e um menu com preço fixo no almoço. Mas não é aquele menu fixo com pratos pequenos que você sai com fome. O prato é de tamanho original, super bem servido e ainda inclui uma entrada. Sempre peço o chicken sish (pedaços de filé de frango – praticamente nosso churrasco no Brasil), acompanha arroz ou fritas e salada. Hehehe eu não como salada, mas o que importa é o delicioso pão é cortesia da casa e sempre vem quentinho. Para o jantar e finais de semana, confira o valor dos pratos aqui.

Franco Manca
Pizza – a partir de £5,90
Franco Manca
Saindo de São Paulo, é uma missão quase impossível encontrar uma pizza decente. Eu nunca vou entender o relacionamento dos ingleses com a pizza, muito menos aceitar o crime dos cariocas em colocar ketchup em algo tão puro e inocente. Toda vez que você se sentir incompreendido pelo mundo estranho da pizza inglesa, vá ao Franco Manca. Pizza boa feita no forno a lenha e o preço é mais do que camarada. Não tem com catupiry, mas pelo menos não tem gosto de borracha. Dá uma olhada no site deles aqui para ver qual é mais perto de você.

Rodízio Preto
Churrascaria – £10,95
Rodízio Preto
Comida brasileira em Londres em geral é bem cara, mas o Rodízio Preto tem uma promoção de segunda à sexta, das 12h às 16h. O rodízio com uma seleção de 6 carnes (ao invés da tradicional seleção de 15) custa £10.95 por pessoa. Só acho que ultimamente estão pisando na bola com o atendimento, tá tão ruim que parei de ir. Mas se sua saudade por carne é maior do que isso, dá uma olhada aqui para saber quais endereços participam dessa promoção.

Ciao Bella
Comida Italiana – a partir de £8

2485210024_2a1e4e5c9d_b
Foto: Miyo Sekimoto

É bom fazer reserva antes de dar as caras porque o Ciao Bella é requisitado. Apesar de estar num bairro bem central e turístico, próximo à Russel Square e ao British Museum, esse restaurante serve boas massas por uma média de £8.

Kervan
Comida Turca – a partir de £6,90
Kervan
Uma ótima pedida se você estiver em três ou quatro pessoas é o Kervan Special por £32,50; um prato enorme com vários tipos de carne. Sério, é muita comida! Sai menos de £10 por pessoa. Há pratos individuais também entre £7 e £10. A única tristeza é que o Kervan fica meio fora do centrão, mas vale a viagem. Qualidade e preço baixo hehe.

Outras dicas

Para quem é fã de comida indiana, pode encontrar um bom negócio em Brick Lane. Apesar dessa rua ser famosinha e comida indiana não ser tão boa como em outros restaurantes, você não vai achar tão facilmente um lugar que ofereça: entrada, prato principal, arroz, pão naan e uma bebida por menos de £20 por pessoa. Há uma grande variedade de lugares ao longo dessa rua e alguém ficará na porta para te chamar e negociar. Sim, porque a graça e o charme é negociar o preço e o que inclui no “pacote”. Quanto maior o grupo, mais fácil fica arranjar um preço camarada. Não aceite mais do que £11 ou £12 quando for no The Monsoon.

indian-food290-the-moonson-e1

Alguns supermercados Sainsbury’s preparam pizza na hora e aquecem por £1 extra. Não é aquelas coisas, mas na pressa ou na fome, pode valer a pena. Você pode escolher três ingredientes e montar a sua ou escolher uma pronta: £4,50

Se você quer mesmo gastar pouco e não liga tanto para sabor, o Slug&Lettuce tem uma promoção ótima de segundas-feiras: o cardápio inteiro pela metade do preço.

Você quer mesmo gastar £3 numa latinha de coca-cola? Peça a tap water, é GRÁTIS. E você ainda não ingere um monte de açúcar.

Normalmente, sobremesas em restaurantes custam entre 50% e 70% do valor dos pratos. Decida por fazer gordices em outro lugar.

Não caia no golpe hipster. Vários lugares “moderninhos” em Londres têm apenas um nome cool para pão com manteiga e vão cobrar o triplo por isso.

Conhece algum restaurante bom e barato que você adicionaria na lista? Compartilhe sua dica nos comentários!