Um tour por Southwark, antigo paraíso proibido de Londres

O outro lado do Rio nem sempre foi moderno e cult. Descubra os antigos e os novos segredos da região

Durante séculos, a London Bridge era o único meio de cruzar o Rio Tâmisa. Logo, para chegar até o sul de Londres era preciso passar por Southwark, que na época estava fora dos limites da cidade. A área acabou crescendo e se desenvolvendo através do dinheiro do comércio “turístico”, provindo de vários pubs, prostíbulos e até mesmo atividades proibidas como caça de urso e touro. Era como um Red Light District inglês.

Bankside era o lugar mais famoso da Inglaterra para entretenimento. Duas vezes por semana, mais de mil pessoas entravam no anfiteatro de madeira para assistir touros e ursos mastigando ferozmente os ossos de cães. Acredite se quiser, mas durante o reino da Rainha Elizabeth I era o esporte mais popular em Londres.

gettyimages-3367368_0
Getty Images

Com o passar do tempo, Southwark foi se consolidando como importante região teatral. Hoje são várias as salas de teatro como o famoso The Old Vic e Young Vic – sua “irmã” mais nova com peças mais experimentais – além do Union Theatre, Blue Elephant Theatre, Menier Chocolate Factory – uma antiga fábrica de chocolate, Southwark Playhouse, Theatre Peckham e o Rose Playhouse, o primeiro teatro elisabetano, erguido em 1587. Aberto ao público até os dias de hoje, possui exibições sobre sua história e  também produções de obras contemporâneas, palestras e outros eventos.

Além desses, você pode curtir peças de teatro estreladas por atores famosos e ‘pré-apresentações’ de concertos musicais no National Theatrelocalizado às margens do rio.


Captura de Tela 2018-09-06 às 21.33.16 ONDE TURISTAR

Ao longo do Tâmisa, ficava o Globe Theatre, no qual Shakespeare era acionista. Foi incendiado em 1613, reconstruído no ano seguinte, fechado pelos puritanos em 1642 e derrubado não muito tempo depois. Próximo ao local original, foi construído o Shakespeare’s Globe, uma recriação dos teatros nos quais eram encenadas suas obras. Parada obrigatória para os admiradores do dramaturgo. Saiba como comprar ingressos de teatro aqui.

default

Hoje em dia, “o outro lado de Londres” concentra prédios medievais e modernos como o The Shard, o edifício mais alto de Londres e Europa Ocidental com 310 metros de altura. Por ali você também encontra o Tate Modern. Um dos mais renomados museus de arte moderna e contemporânea do mundo, o Tate abriga exposições permanentes e muitas itinerantes. Em seu acervo permanente, você apreciará obras como ‘As Três Dançarinas’ de Pablo Picasso, ‘Marilyn’ de Andy Warhol, ‘O Beijo’ de Auguste Roudin. No sétimo andar há um restaurante com vista panorâmica do rio Thames e da cidade de Londres. Para quem quiser apenas um lanche, o museu também possui em café à margem do rio. Com acesso pela estação de metrô Southwark ou atravessando a Millenium Brigde a partir da St. Paul’s Cathedral, é fácil chegar.

Captura de Tela 2019-02-10 às 17.03.15

Outro museu imperdível nos arredores, é o Imperial War Museum. Com o slogan “War Shapes Lives”, o museu conta a histórias das pessoas que viveram durante a guerra e mostra vários objetos da época. Entre as exibições, há pinturas e outras obras artísticas da maioria dos conflitos da Humanidade. Não perca as exposições que falam sobre a Primeira e Segunda Guerra Mundial e sobre o Holocausto. Saiba mais sobre os museus incríveis de Londres aqui.


Captura de Tela 2018-09-06 às 21.38.24 ONDE MATAR A FOME

Mercato Metropolitano
42 Newington Causeway

Primeiro mercado comunitário sustentável que tem como objetivo conscientizar e incentivar as pessoas à apoiarem suas comunidades locais. São várias opções de street food do mundo todo com uma faixa de preço entre £10 e £20 por pessoa.

Where The Pancakes Are
85a Southwark Bridge Rd

Lugar perfeito para quem realmente ama panquecas. A massa é feita com farinha orgânica que inclui trigo sarraceno, responsável por reduzir os níveis de colesterol e açúcar no sangue. Possui opções doces e salgadas, além de versões vegetarianas, veganas e sem gluten. Captura de Tela 2019-02-10 às 19.57.31.png

Borough Market
8 Southwark St

Dezenas de barraquinhas com frutas, pães, queijos, petiscos, massas, verduras, pratos quentes, chocolates e outras variedades do mundo todo. Tente chegar cedo, entre às 10h e às 11h para evitar a multidão ou se preferir descontos, vá por volta das 15h.

Padella
6 Southwark Street

Não se desanime com a fila que pode demorar entre 30-45 minutos. Vale a pena esperar. O restaurante é pequeno, mas tem atmosfera agradável, as massas são extremamente saborosas e o preço super amigo com pratos a partir de £4! 

Captura de Tela 2019-02-10 às 11.37.29.png

+13 coisas fora do óbvio para fazer em Londres

Daquelas coisas incríveis e loucas que você só encontra em Londres

PASSEIOS

Tour fantasmagórico
O Ghost Bus Tours mistura terror e comédia numa excursão em um Routemaster da década de 1960. Percorra com um olhar mais sombrio e descubra histórias assombradas de Londres.  Tours acontecem às 19h30 e 21h30. Adultos pagam £23, crianças £15.

Captura de Tela 2019-01-24 às 22.49.35.png

Banheiros históricos
Daquelas coisas que só tem em Londres e para quem quer fazer algo bem diferente! A guia e seu fiel desentupidor te levam à locais históricos relacionados ao passado “fedorento” de Londres! Divertido e ótimo para descobrir mais sobre a história da cidade. O tour (£15) tem ponto de partida na platforma 19 na Estacao de Waterloo, ao lado do banheiro público. Mais info em: http://lootours.com


Falando nisso…
Muitos banheiros públicos, principalmente da Era Vitoriana, foram transformados em baladas, bares e cafés. É o caso do Attendant em Fitzrovia, por exemplo, em que a restauração levou dois anos. O café serve brunch, café da manhã e almoço.

Captura de Tela 2018-07-05 às 21.37.37
The Attendant/Divulgação

Nesse post você descobre alguns que hoje estão abandonados e aqui uma lista de banheiros que pode usar perto de atrações turísticas. Outro fato interessante da cidade que é também bem nojento e bizarro, é o banheiro “underground”. Não, ele não fica no metrô. Para evitar que os homens que não podem esperar e usar um banheiro como um ser humano normal urinem nas ruas, a prefeitura disponibiliza uma espécie de cabine circular, nem tão discreta. Nas noites de finais de semana e alguns feriados, o “urinol”simplesmente sobe à superfície. Os rapazes simplesmente abaixam as calças e fazem xixi ali na frente de quem estiver passando. Depois falam que amamentar em público que não pode. … 

Captura de Tela 2018-07-05 às 21.06.01
Os “pop-up urinals” funcionam até às 3 da manhã para evitar que os homens se aliviem no meio da rua


AFTERNOON TEA 

Depois do sucesso do chá da Bela e a Fera, o Town House at The Kensington apresenta seu novo Afternoon Tea inspirado em pontos turísticos de Londres. A partir de £42
Captura de Tela 2019-01-24 às 21.19.56.png

O Afternoon Tea no Cutter and Squidge é inspirado bruxaria é perfeito para os fãs de Harry Potter. Para ficar completamente imerso na experiência, funciona como uma aula de poções e os “bruxos” criam suas próprias bebidinhas. Preços a partir de £49.50 para adultos, £39.50 para crianças.

Captura de Tela 2019-01-24 às 20.39.34.png

Para conhecer outros locais incríveis para um chá da tarde, clique aqui.

Mais um na lista para pottermaníacos
Tirando a parte de voar com uma vassoura, dá para praticar Quadribol em Londres. Você pode participar do time principal, o Unspeakables aqui.


Tipos inusitados e criativos do tradicional chá da tarde não faltam em Londres. A B Bakery oferece um passeio no ônibus de dois andares pelos principais pontos turísticos de Londres enquanto você se delicia com bolinhos, sanduíches e chá. A partir de £45.

a9.jpg


O Lady Dinah possui decoração inspirada no país das maravilhas e serve um afternoon tea vegan (£25). Extremamente requisitado, é preciso reservar com antecedência pelo site. A entrada custa £10, inclui uma bebida e você pode ficar até 90 minutos. Não é permitido alimentar os animais nem tirar fotos com flash.

Captura de Tela 2018-07-05 às 23.13.24
Alguém estava de olho nos bolinhos/Divulgação

Falando nisso..
Gatos eram animais de estimação mais populares do que cachorros no Reino Unido até 2014. A maioria dos apartamentos não permitem cães (apenas guias) ou nenhum outro tipo de animal (alguns agora abrem uma exceção para os felinos desde que sejam de uma raça mais domesticada e “indoor” como Ragdolls. Um dos motivos é o Ato de Bem-Estar de Animais de 2006, que prevê um ambiente de vida adequado para pets, como um lar com jardim.


JANTAR

Jantar num trem do metrô londrino tem alta demanda. O cardápio elaborado pela chef colombiana Beatriz Maldonado Carreño oferece quatro pratos e inclui sobremesa. Reserve aqui.

yes.jpeg


Dans Le Noir
Uma experiência gastronômica que incentiva os participantes a reavaliarem a sua abordagem à alimentação. Você é servido por garçons cegos e come na escuridão total, assim você se concentra apenas no sabor, no cheiro e nas texturas. São quatro menus misteriosos codificados por cores. Para reservas, clique aqui.

Banquete Medieval
Que tal se juntar ao rei e sua corte num banquete real? Em apenas uma curta caminhada da Tower Bridge e da Torre de Londres, o jantar inclui performances teatrais e luta de espadas regadas à vinho, cerveja e prosecco.  Entre os pratos, você pode experimentar frango assado em molho tradicional medieval com batata assada e legumes, de sobremesa uma torta de frutas. Há opção vegetariana. Aluguel de fantasia £10; £ 5-10 para chapéus medievais.

Captura de Tela 2019-01-24 às 23.22.33.png


Guerra de Travesseiro
Sim, Londres tem uma guerra de travesseiro todo ano normalmente no mês de abril. A ideia começou nos Estados Unidos para trazer alegria aos adultos. O evento acontecia na Trafalgar Square, mas a prefeitura tentou proibir em 2014 e o local teve que ser mudado. Travesseiros de penas não são mais permitidos em proteção aos animais. Confira dia e endereço aqui.

international-pillow-fight-day-trafalgar-square-london-2-1024x680

Hackney City Farm 
A Hackney City Farm é uma pequena fazenda no meio da cidade e você pode fazer amizade com os animais que lá vivem; cabras, ovelhas, galinhas e burros, bem como alguns pequenos animais como coelhos e porquinhos-da-índia. Localizada no leste de Londres, fica aberta o ano inteiro, de terça a domingo das 10h às 16h30. A fazendinha também possui uma loja uma loja (livre de embalagens) com produtos orgânicos, como nozes, grãos, massas, ovos, ervas e óleos.

Londres tem um lado nem um pouco convencional
Se você gosta de fazer coisas malucas e diferentes, Samantha Rea é uma colunista irreverente e conta em detalhes como é ser massageada com azeite por estranhos e explica como foi uma aula de como ser amarrada (com roupas ou sem). Para aqueles que gostam de ficar como vieram ao mundo, podem conferir uma sessão de yoga, nadar ou caminhar nu através do site Naturist London ou participar do No Trousers Tube Ride, um evento anual em que as pessoas usam o metrô sem calças. O evento faz parte do mundial No Pants Subway Ride, que começou em Nova York em 2002 e desde então se espalhou para mais de 60 cidades em todo o mundo, incluindo Tóquio, Jerusalém e Moscou.

no-trousers-tube-ride-underground

Foto: @ohgodknows

 

 

 

Dicas do que fazer para animar o seu inverno em Londres

Winter is coming

Oficialmente, o inverno se inicia no dia 21 de dezembro, mas o frio já dá o ar de sua graça no final de Setembro. Aliás, nos meados de agosto o sol e o calor começam a ir embora. A temperatura gélida nem sempre é o melhor que Londres pode oferecer – principalmente o vento que vem como umas facadas e quase te derruba. Porém, o frio e a névoa fantasmagórica que sobrevoa a cidade completam o grande charme londrino. A capital inglesa fica escura por mais tempo, o sol se põe um pouco depois das 16h, mas apesar disso é possível aproveitar bem o dia.

Patinar no gelo não requer muita experiência, apenas uma mente aberta para diversão. Há vários lugares espalhados em Londres, Somerset House e o National History Museum fornecem o cenário mais bonitos. Vale

ice
Foto: Somerset House

Os mais corajosos podem encarar a Peter Pan Cup, uma corrida de nado por quase 100 metros pelo Serpentine no dia do Natal.

cache_384ee73f4246dbb865c6323ad4fcafd5
Reprodução

COMPRAS! Os melhores meses para explorar as ruas de comércio em Londres é entre dezembro e fevereiro quando as lojas possuem ótimas promoções com descontos ate 70%. Dicas de onde encontrar tudo o que você precisa aqui. 

oxford-street-sign

Um dos melhores eventos da cidade nessa época é o Festival de Inverno do Southbank Centre. De novembro à janeiro, o espaço oferece barracas como bebidas quentes e comidinhas, um mercado de Natal e atividade para todas as idades.

winter-festival-at-southbank-centre_christmas-market-at-southbank-centre_b0fbb9d1760cc10f3b29027f52d0807e
Foto: Visit London

Não perca o colorido e alegre Ano Novo chinês em Chinatown. A celebração apresenta um desfile e um evento gratuito em Trafalgar Square com fogos de artifício e performances. A comemoração também acontece durante o Magical Lantern em Chiswick House and Gardens, festival com instalações de luz e lanternas artesanais na forma de animais e plantas de tamanho natural. Lá você pode saborear iguarias exóticas e entrar no bar de gelo com cheio de esculturas de gelo inspiradas no Ano Novo chinês.

chinese_new_year_2x1
Reprodução

Para escapar do frio, um cafezinho – ainda melhor se for de graça (clique aqui) – ou um delicioso chocolate quente vai muito bem (clique aqui). E depois, que tal jantar num dos restaurantes mais lindos de Londres (post aqui) ou assistir uma peça de teatro (descubra como conseguir ingressos aqui)?


E você, o que gosta de fazer em dias de frio?

 

Londres: Onde encontrar incríveis apresentações de teatro, balé e concertos

Onde encontrar lindos palcos com incríveis apresentações de teatro e balé

Royal Opera House http://www.roh.org.uk
Admiradores de balé podem comprar ingressos para assistir a grandes musicais, além de poder fazer um tour no backstage e ver algumas aulas do Royal Ballet. Os preços da programação são meio salgados, mas o prédio da Royal Opera House já vale a visita. Programa-se! Com bastante antecedência, você consegue adquirir ingressos promocionais a partir de £10!

7773871760_088b3ec7d1

National Theatre http://www.nationaltheatre.org.uk
O Teatro Nacional de Londres fica às margens do rio Thames. Lá você pode curtir de peças de teatro estrelado por atores famosos e ‘pré-apresentações’ de concertos musicais. Confira o site para mais informações de programações de peças, musicais e exibições. Algumas são gratuitas, mas outras são pagas ($$).

image

Shakepeare’s Globe Theatre www.shakespeare-globe.org
Fãs e admiradores do dramaturgo Shakespeare têm como parada obrigatória o ‘The Globe’ – Shakespeare’s Globe Theatre. O lugar é uma recriação dos teatros da época nos quais eram encenadas suas obras. Confira no site a programação das peças que lá acontecem durante todo o ano!

big

 

Barbican http://www.barbican.org.uk
O centro cultural Barbican hospeda diversas apresentações artísticas da cidade. Ingressos para teatro, cinema, dança e eventos musicais como a Orquestra Sinfônica de Londres (London Symphony Orchestra) podem ser adquiridos pelo site. Reserve o seu com antecedência! Estação mais próxima: Moorgate ou Farringdon.

LEIA TAMBÉM

COMO COMPRAR INGRESSOS MAIS BARATOS DE PEÇAS E MUSICAIS 

Um dia de passeio em Greenwich, Londres

Greenwich tem muito a oferecer

A região de Greenwich fica a 4 milhas de distância do burburinho do centro de Londres, mas possui atrações imperdíveis! O local é de fácil acesso para quem parte da cidade pelos trens ou DLR. Para os dias ensolarados, a melhor pedida é pegar um barco em London Eye, que atravessa o Thames até chegar em Greenwich. A viagem é imperdível, leva cerca de 50 minutos.

00.23.43
Foto: Oxford English School

Observatório de Greenwich http://www.nmm.ac.uk/places/royal-observatory
É aqui que encontra-se o relógio do marco zero, que define o fuso horário de todos os continentes. Essa visita não pode faltar no seu roteiro de Greenwich! Lá você pode tirar uma foto com um pé de cada lado da linha ‘imaginária’, se sentindo ao mesmo tempo em duas metades do mundo, com fusos horários “diferentes”. E ainda observar as estrelas, planetas e constelações.

w_1200

Greenwich Park http://www.royalparks.gov.uk/Greenwich-Park.aspx
Para fechar com chave de ouro a sua visita a Greenwich, não deixe de subir a colina do Greenwich Park, onde você terá uma vista inesquecível da cidade de Londres! Se o seu passeio for em um dia de sol e calor, aproveite para fazer um piquenique no parque apreciando a vista!

Queen’s House http://www.nmm.ac.uk/places/queens-house
Situada em Greenwich, entre o rio Thames e o Greenwich Park, é um ótimo lugar para um piquenique em dia de sol. A Queen’s House foi a residência real da Dinastia Stuart, no século XVI. Sua visitação é gratuita.

F6995

National Maritime Museum http://www.nmm.ac.uk/places/maritime-galleries
Ao chegar em Greenwich, logo de cara, você se depara com um enorme navio britânico, relíquia dos tempos de expedição marítima do Reino Unido. Aproveitando o clima, você pode visitar o National Maritime Museum, com diversos instrumentos de navegação antigos.

Roteiro basicão de Londres

Um guia com os principais pontos turísticos da capital inglesa

Apesar do blog seguir uma linha diferente com dicas meio fora do óbvio turístico, nada me empolga mais do que viajantes de primeira viagem. Para mim, a primeira visita é a que possui mais encanto e magia. E como seria bom ter uma máquina do tempo para poder visitar Londres novamente pela primeira vez. Toda viagem tem seu lado bom e por que não viver Londres por milhares de primeiras vezes? Mesmo no seu vigésimo passeio pela cidade ainda tem bastante o que ver, conhecer, descobrir e experimentar, claro que talvez nunca terá exatamente o mesmo brilho da primeira vez. É a primeira viagem que abrimos nossos olhos para um mundo novo, arregalamos quando vemos o Parlamento pela primeira vez. Esse gostinho na nossa alma volta levemente quando ainda passa pela capital mais cool do mundo pela primeira vez. E até dá para sentir um pouco daquela agitaçao, emocao, piracao e paixao que tinhamos antes de pisar aqui pela primeira vez.

E se você nunca veio para Londres, marque logo sua passagem e venha explorar história, cultura e lugares mega descolados.

GUIA BÁSICO DE LONDRES
O que ver e fazer na cidade na sua primeira, segunda, terceira, (…) visita

Parlamento http://www.parliament.uk
Ao sair da estação de metrô de Westminster você será surpreendido pela torre que abriga o Big Ben! Em 1512, o Palácio de Westminster deixou de ser uma residência real devido a um incêndio. Desde então, passou a abrigar as Casas do Parlamento, chamadas de Câmara dos Lordes e dos Comuns, tornando-se um dos símbolos da arquitetura neogótica mundial. É também onde fica a torre do Big Ben, o sino de 14 toneladas do relógio mais famoso do mundo e um dos lugares mais fotografados de Londres.  Durante o verão, além de fazer um tour ($) pelo parlamento britânico, você também pode assistir a debates.

Buckingham Palace
Residência da família real desde 1837, foi aberta para visitação apenas em 1993. A visita interna ao Palácio deve ser agendada com antecedência, pelo telefone ou através da compra do ingresso no ticket office do Canada Gate do Green Park ($). A visitação interna é aberta apenas no verão, a partir do final de julho até setembro. Caso a visitação interna não esteja aberta, a visita à área externa do Palácio já vale a pena. Não perca também a troca da guarda, que acontece sempre em frente ao Palácio.

Abadia de Westminster  http://www.westminster-abbey.org $
Um dos mais gloriosos exemplos de arquitetura medieval é a Abadia de Westminster. Metade igreja, metade museu, possui desde uma impressionante coleção de monumentos e tumbas a grandes acontecimentos relacionados à nobreza nos séculos passados. O local foi cenário do casamento entre o Príncipe William e Catherine Middleton.

London Eye http://www.londoneye.com
Cartão postal da cidade, a roda gigante londrina proporciona a seus visitantes uma vista estonteante da cidade. Apesar da grande procura, as filas raramente passam de 30 minutos. A paisagem fica ainda mais bonita durante a noite, quando a cidade está toda iluminada. A vista no pôr-do-sol também é fantástica! Você ainda pode se dar ao luxo de desfrutar uma taça de champagne durante o ‘voo’ ou alugar uma cabine só para você.

Tower of London http://www.hrp.org.uk/toweroflondon
Com acesso pela estação de metrô Tower Hill, às margens do rio Thames, a Torre de Londres é outro ícone londrino. Por 900 anos este ‘castelo’ foi a principal fortaleza da cidade e hoje  é onde estão guardadas as jóias da coroa. A fama de lugar mal-assombrado se deve às milhares de pessoas presas, inimigas da coroa que eram executadas, entre as quais, Ana Bolena, ex-esposa do rei Henrique VIII.

Tower Bridge http://www.towerbridge.org.uk
Desça na estação de metrô de Tower Hill, visite a Tower of London e depois caminhe até a Tower Bridge. Ela disputa com o Parlamento o ponto turístico mais famoso de Londres. Concluída em 1894, a ponte móvel se ergue para que navios continuem sua passagem pelo rio Thames. É possível visitar seu interior, mas prepare-se para uma longa subida!

Trafalgar Square www.london.gov.uk/trafalgarsquare
Com acesso pela estação de metro de Charring Cross, a Trafalgar Square é uma praça que celebra a vitória da Marinha Real Britânica na Batalha de Trafalgar de 1805 durante as Guerras Napoleônicas. Em seu centro, há uma coluna com a estátua do almirante Nelson em sua homenagem. À pé da Trafalgar Square está Picadilly Circus. Aproveite para fazer uma agradável e rápida caminhada até lá!

Downing Street http://www.number10.gov.uk
Mais de 50 primeiros-ministros passaram pela porta mais famosa do mundo, localizada no número 10 da Downing Street. Além de residência do primeiro-ministro, o local é o nervo central do governo britânico, onde acontecem reuniões decisivas para a política do Reino Unido.

Hyde Park  www.royalparks.gov.uk/Hyde-Park.aspx
Perca-se nos gramados do Hyde Park, a poucos minutos da tumultuada Oxford Street. Relaxe, caminhe, faça um piquenique ou apenas aprecie a paisagem e claro, os fofissímos esquilos, que estão por todos os lados. No verão, dá até para andar de bicicleta ou cavalgar. Um ótimo passeio é atravessar o parque da Oxford Street até a agradável região de Bayswater e Nothing Hill.

Kensington Palace http://www.hrp.org.uk/kensingtonpalace
Ao lado do Hyde Park fica o Kensington Garden, antigo jardim do Kensington Palace, abertos ao público em 1841. O palácio foi residência real da Princesa Diana até sua morte em 1997. Próximo dali, depois de visitar seus aposentos, tome um chá tipicamente inglês no famoso Orangery.

St. Paul’s Cathedral http://www.stpauls.co.uk
Cenário dos filmes Mary Poppins, Peter Pan e 101 Dálmatas, a St. Paul’s Cathedral é um dos pontos mais visitados de Londres. Foi lá que Lady Di e o Príncipe Charles se casaram e também onde foi realizado o velório da princesa no ano de sua morte, 1997. Papel importante na história da religião britânica, além de ter um belo design da época vitoriana, oferece uma vista espetacular do rio Thames – só se prepare para subir 530 degraus para desfrutá-la!

British Library
A British Library possui mais de 150 milhões de itens entre livros, revistas, jornais, gravações, mapas, manuscritos, selos, desenhos, etc., em diversos idiomas. Todo livro produzido no Reino Unido e na Irlanda possui uma cópia na biblioteca, inclusive obras estrangeiras. Sendo assim, são mais de três milhões de itens adicionados por ano!

Madame Tussauds http://www.madametussauds.com/london
Não deixe de conferir as réplicas perfeitas de personalidades no museu de cera Madame Tussauds. O museu reproduz um retrato de Londres através dos anos por meio de réplicas de figuras políticas e membros da realeza, contando também com figuras famosas como Amy Winehouse, Justin Timberlake, Barack Obama, Brad Pitt e Martin Luther King. Não esqueça a sua máquina fotográfica, afinal, não é todo dia que se encontra tantas celebridades juntas em um só lugar!

Abbey Road http://www.abbeyroad.com/visit/
Em 1969, a Abbey Road se tornou a rua mais conhecida do planeta por causa do álbum dos Beatles, que leva o mesmo nome. Milhares de fãs vão até lá atravessar a faixa de pedestre para tirar uma foto. Apesar da faixa de pedestres da capa do album ter sido removida de seu local original e levada poucos metros à frente, a visita continua sendo compromisso certo para os fãs da banda.

Portobello Road http://www.portobellomarket.org
Situada em Notting Hill, a Portobello Road é uma das centenas de ruas estreitas e longas da cidade, estendendo-se por mais de três quilômetros. O famoso Portobello Market acontece todos os dias da semana, sendo sábado o dia mais visitado devido à feira de antiguidades. A estação de metro mais próxima é Ladbroke Grove.

Camden Market
Um dos lugares mais alternativos e disputados de Londres. Sempre movimentado, está também cheio de presentes originais. Você pode ir de metrô, descendo na estação de Camden Town. Aos sábados a feira é ainda mais disputada. Lá você encontrará roupas, sapatos e acessórios ‘inusitados’, além de comidas tipicas e também inusitadas. A feira também funciona durante a semana para quem prefere um passeio mais tranquilo.

Green Park  www.royalparks.gov.uk/Green-Park.aspx
Você dificilmente vai perceber a fronteira entre todos os parques londrinos. Somente se olhar no mapa os espaços verdes, vai saber que os parques são independentes, apesar de interligados. A partir  Hyde Park ou do St. James Parque chega-se facilmente ao Green Park. Em dias ensolarados, você pode alugar uma cadeira por poucas libras e com sorte assistir a shows ao ar livre.

St. James Park www.royalparks.gov.uk/St-Jamess-Park.aspx
O Saint James Park era um dos parques preferidos de passeios da família real. Tem um belo lago e fica em frente do Palácio de Buckingham. Interligado com o Green Park e em seguida com o Hyde Park, vale um passeio em um dia ensolarado para relaxar!

Brick Lane www.visitbricklane.org
O melhor dia para visitar essa rua estreita, na região central de Londres, é domingo. Lá você encontra de tudo um pouco, desde móveis a brinquedos, restaurantes indianos a lanches orgânicos, pessoas com visual punk a hare krishna. Aos domingos a feira funciona geralmente das 8h às 14h.

Gherkin http://www.30stmaryaxe.com
O Gherkin é um arranha-céu extremamente moderno, que contrasta com o restante das construções clássicas de Londres. O edifício tem 180 metros de altura e é aberto para visitação apenas no mês de setembro. Para mais informações, acesse o site: http://www.openhouse.org.uk. Se estiver passando na hora de jantar, aventure-se no restaurante “40/30” – mas atenção: o preço por pessoa é bem salgado. Você pode fazer reserva para eventos fechados.

Borough Market www.boroughmarket.org.uk
Para encontrar alimentos fresquinhos, desça na estação London Bridge. Lá você encontrará o Barough Market que possui dezenas de barraquinhas com frutas, pães, queijos, petiscos, massas, verduras, pratos quentes, chocolates e outras variedades do mundo todo. Tente chegar cedo, entre às 10h e às 11h para evitar a multidão ou se preferir descontos, vá por volta das 15h. Próximo ao horário em que o mercado fecha é que começam as pechinchas.

Quer um roteiro personalizado? Entre em contato e solicite seu orçamento.

LEIA TAMBÉM

QUANTO CUSTA VIVER EM LONDRES?

TRANSPORTE EM LONDRES 

LONDRES, UMA AS CIDADES MAIS SOLITÁRIAS DO MUNDO

O que fazer em Londres em dias de (muita) chuva

Quem disse que não dá pra se divertir em dias cinzas e chuvosos?

Andar por aí no friozão até rola, mas com chuva desanima um pouco. Aproveite esses dias para visitar alguns dos diversos museus gratuitos que Londres oferece. Quem está um pouco cansado de ver arte e história em quadros, vai gostar de mudar os ares no Imperial War Museum que conta a história das guerras do mundo, inclusive conflitos mais atuais. O Museum of London é outro museu incrível e interativo. Você vai ficar de boca aberta ao se surpreender com fatos sobre a pré-história de Londres aos dias de hoje.

IWM_2014_5760
Imperial War Museum

Abrigue-se numa sala cheia de segredos e desafios na ClueQuestVocê e seus amigos terão uma hora para descobrir como sair de uma sala (Escape Room) usando a lógica. A Lock’d também oferece a mesma diversão com salas temáticas. Para esquecer o frio e tempestade lá fora, o pub Camden Head oferece boas risadas todos os dias da semana e DE GRAÇA! Comediantes experientes e novatos se apresentam a partir das 20h, mas tente chegar com antecedência  para garantir seu lugar. O bar The Grove em Hammersmith possui apresentações todas terças e quintas às 19h30, reserve antes.

ebf94df34fe96e6b5c1da20ba124a2a3_1140x570|crop|overflow
Foto: Lock’d

Se você gosta de esportes, Londres possui centenas de quadras cobertas para jogar tênis, futebol, basquete e piscinas em seus Leisure Centres. Acesse https://www.better.org.uk para encontrar o mais próximo de você. Mas se seu esporte é Beber, ir até um pub para afogar as mágoas por causa do dias congelantes normalmente é a primeira opção. Mas que tal ir para um bar diferente (clique aqui)?

Tire o dia para relaxar e ler um livro (clique aqui para descobrir onde encontrar livrarias fantásticas) ou agende um dia de SPA porque você simplesmente merece. Em geral, o Groupon UK possui boas ofertas de spas excelentes. O site Last Minute tem uma lista dos 10 melhores spas da cidade. Se voce procura algo mais agitado, o The Old Queens Head tem uma sala de karaokê para até 15 pessoas. Aos domingos e segundas, é totalmente free e você ainda tem um garçom à sua disposição. Para mais informações e reservas, clique aqui. Outra opçao é o Lucky Voice com salas privativas. Possui uma unidade em Islington e uma no Soho.

lucky-voice
Lucky Voice

Mas se você é realmente muito tímido para cantar ou prefere não assustar seus amigos, jogar boliche é uma excelente alternativa. O ideal é ir em horários fora de pico para pagar menos. Cada jogo por pessoa no All Star Lanes custa a partir de £6.95. O Bloomsbury Bowling possui pista para até 6 pessoas e no QUEENS você pode usar os próprios sapatos.

IMG_0105

A vista do London Eye em dias de sol e até de noite é realmente fantástica. Mas se você não deu sorte, pode vislumbrar a vista do aquário de Londres, o SEA LIFE London Aquarium.

penguin

Outra boa escapadinha da realidade molhada e cinzenta é ir até o Royal Observatory’s Planetarium. A tecnologia vai te permitir ver o universo em alta definição.

ROG Planetarium_L5527-003
Reprodução

Odeon Cinema http://www.odeon.co.uk
Que tal pegar um cineminha? O Odeon exibe em suas telonas blockbusters e filmes mais “cults”. Alguns filmes tem opção em 3D e IMax. Há sempre alguma promoção para adquirir ingressos com descontos.

Para escapar do frio, um cafezinho – ainda melhor se for de graça (clique aqui) – ou um delicioso chocolate quente vai muito bem (clique aqui). E depois, que tal jantar num dos restaurantes mais lindos de Londres (post aqui) ou assistir uma peça de teatro (descubra como conseguir ingressos aqui)?

E você, o que gosta de fazer em dias de chuva?