Morando em UK

É possível viver com salário mínimo na Inglaterra?

Na Inglaterra e restante do Reino Unido, a remuneração é paga por hora trabalhada.  Todo ano por volta do mês de Abril, o salário mínimo, chamado de National Minimum Wage, aumenta cerca de 3%; e difere de acordo com a idade e se a pessoa é um aprendiz ou estagiário. Por exemplo, maiores de 25 anos, ganham £8.21 p/h, entre 21 e 24 anos, £7.70.

Meio injusto, afinal custos de vida possuem o mesmo preço independente da idade.  Além disso, o aumento anual chega a ser uma piada. Sobe apenas alguns centavos, e conforme o contrato que você possui com a empresa que trabalha, não vai fazer diferença alguma.

Salário mínimo x Inflação
Aluguel e alimentação também sobem de preço, mas pelo menos de uma forma mais justa e com menos inflação se comparado à outros países. Uma reportagem da BBC relatou que a inflação caiu para o nível mais baixo nos últimos dois anos. 

_105203045_cpi.chart-nc.png

Por outro lado, outros jornais e especialistas acreditam que o Brexit pode mudar isso. Thomas Sampson do Departamento de Economia e Pesquisa de Comércio da LSE, dialoga que a ruptura com a União Europeia  irá “causar uma inflação mais alta, salários mais baixos e produção decrescente”. Desde o referendo, lojas de departamento, pubs e restaurantes fecharam suas portas afetando milhares de funcionários.

Minimum Wage x Living Wage 
Dá para viver em Londres com o salário mínimo? Não exatamente e é uma mera questão de expectativa e realidade, digamos. Existe o salário mínimo (minimum wage) e o custo mínimo (living wage, mais pra real wage) para se viver. O London Living Wage é atualmente £10.55 por hora, isto é, o que na verdade deve ser o mínimo. O Living Wage para fora de Londres é atualmente £9 por hora. Ou seja, mesmo morando em outras cidades com um custo de vida menor, ainda está abaixo do que deveria ser.

Em média, uma pessoa trabalha 37.5 horas por semana, o equivalente à quase £310 semanais; £1240 por mês — antes de descontar o impostos (Income Tax and National Insurance). Uma casa com dois adultos e duas crianças que recebe esse valor, gastam cerca de £741 por semana em habitação, contas, alimentação, roupas, creche e outros custos de vida (dados da ONS). Jovens solteiros que trabalham 40h ou mais por semana e recebem por volta ou acima de £350, também possuem custos de vida entre 30-40% maior do que a renda. [Veja bem, quando se fala em custos de vida entenda que não se inclui nenhum tipo de luxo, viagens e lazer, e sim os famosos boletos para pagar.]

cash-1342228_1280

O Reino Unido possui mais de 8 milhões de pessoas endividadas, com uma média de £2700 só em cartões de crédito. As dívidas entre jovens de 18 a 30 anos é maior devido aos menores salários e financiamento estudantil. Os cursos de universidades custam mais de £9 mil por ano, com isso eles levam décadas para terminar de pagar sua formação acadêmica.

Uma pesquisa da Young Women’s Trust descobriu que as mulheres jovens são mais propensas a estar em uma situação financeira difícil do que os homens, com 40% lutando para fazer seu dinheiro durar até o final do mês. “Os jovens, em sua maioria, queriam trabalhar duro e ser financeiramente independentes, mas muitos lutavam com baixos salários e preços crescentes”.

Apesar  do Governo levar em conta o conjunto básico de bens e serviços como aluguel, imposto municipal, contas de energia, compras de alimentos, transporte; o salário mínimo não é o suficiente para cobrir o essencial e manter condições de uma vida decente. Um estudo da Silver Doors revelou que Londres, Edimburgo, Bath, Oxford, Brighton, Cambridge, Milton Keynes, Bristol são cidades em que é quase impossível sobreviver com salário mínimo. 

Ainda, mesmo sendo ilegal, o Reino Unido bateu recorde com mais de 400 mil pessoas recebendo menos do que a lei exige. Aqui você pode conferir uma lista de 239 empresas que não pagaram seus funcionários o suficiente. 

Anúncios

1 comentário em “É possível viver com salário mínimo na Inglaterra?

  1. Reino Unido é terrível, por isso há tantos brasileiros, espanhóis, portugueses, polacos, húngaros, etc…. Trabalhando lá.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: