Este post tem leves tons de humor e horror. Ninguém odeia o Underground, mas está na hora de contar uns segredinhos e mostrar que nada em nenhum lugar é perfeito.


É caro

Vamos combinar. É um dos melhores sistemas metroviários do planeta. Conecta Londres por todos os cantos, norte à sul, leste à oeste. Dá pra chegar à aeroportos, museus, casa do crush e além disso raramente atrasa e ainda funciona 24 horas no final de semana. E a Victoria Line, a linha mais rápida, eficiente e amada desse reino merece uma menção honrosa. Mas isso tem um preço e acaba sendo bem grande se você for pegar metrô todo dia e morar na zona 6 (o preço sobe junto com a distância). Imagina gastar mais do que quinhentos reais por semana em transporte público.

tube-1209419_1280.jpg

Fede
Talvez cada estação ou cada linha tenha um cheiro diferente. Nem sempre cheira mal, (mentira, cheira sim), mas às vezes tem cheiro de comida usada e sem amor, junto com xixi de bêbado, mofo e fumaça tóxica. Ah, certas axilas devem ser evitadas à todo custo.

É sujo para caramba
Aquele estofadozinho confortável é simplesmente a coisa mais imunda da Inglaterra. Ele é feito propositalmente para esconder sujeira. E pode ter certeza que de noite, os ratos fazem a festa mesmo e uns passeios por ali, onde você está encostando sua cara no momento. Mas fique tranquilo, de dia você só vê os ratos pelos trilhos ou nas plataformas.

baker-street-tube-station-3780330_1280.jpg

Gente bêbada
O problema não é a galera alegre, mas altamente e perigosamente alcoolizada ali perto dos trilhos. Socorro. Isso sem falar nos vômitos. Uma amiga minha estava voltando pra casa quando uma total desconhecida do lado vomitou em cima dela. E essa nem é a história mais nojenta do metrô. Normalmente isso acontece tarde da noite nos finais de semana, principalmente na Northern Line que passa por pontos de alta badalação e agito como Camden Town e Old Street.

Parece que você vai derreter
Não tem muita ventilação e ar condicionado não existe. Mesmo no frio, se passa calor dentro. Mas no verão é quando o bicho pega. Mesmo vazio, aquilo fica um forno do infernos e parece que não tem ar. Porque não tem mesmo. E sim, o cheirinho de CC só piora, viu?

É cheio (de gente sem noção)
Grande parte dos perdidos do metrô são turistas e os londrinos fazem questão de parar e ajudar. Porém, quando param do lado esquerdo da escada rolante ou no meio da passagem para amarrar o tênis, colocam sacolas de compras em assentos, não esperam quem está dentro sair primeiro, empacam a catraca porque não acha o Oyster não tem como defender. Ainda, a estação Oxford Circus fica tão lotada na hora do rush (em qualquer dia da semana) que a fila para entrar bloqueia as calçadas. Pelo menos ninguém vai esmagado. Existe um controle e fiscalização, o tal do Crowd Control  quando o movimento é maior do que o esperado (inclusive se há eventos, shows e jogos de futebol).

tube-839268_1280.jpg

É meio pra baixo
Tirando os incríveis artistas que cantam ou tocam no meio das estações e deixam uma vibe maneira, os passageiros do trem podem ser um tanto… diferente do Brasil? Às vezes você escuta umas conversinhas aqui, umas risadinhas ali, porém no geral é bem quieto. Todo mundo com cara séria, ninguém nem olha pra sua cara. Se olhar, também é estranho, ok?

enhanced-22273-1418210084-11

 

 

 

Anúncios

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s