Comidas britânicas levemente bizarras

A (má) fama da culinária britânica mudou bem nos últimos 10 anos, graça aos deuses da cozinha como Jamie Oliver, Gordon Ramsay e a Nigella Lawson. Apesar disso, a maioria ainda prefere explorar sabores internacionais, afinal é fácil encontrar restaurantes ótimos com gastronomia de qualquer parte do mundo pelas ruas do Reino Unido.

A reputação da cozinha britânica teve lá suas razões. A guerra e o racionamento de alimentos empobreceram a culinária nacional, o café da manhã inglês foi substituído por mingau sem açúcar e o pão fresco por um pão denso, indigesto e cheio de sal. A Inglaterra sofreu bastante durante e depois da guerra, entre 1940 e 1980, e isso foi refletido na comida. Alguns racionamentos foram piores no período pós-guerra. Além disso, acredita-se que especiarias não estavam disponíveis no Reino Unido até muito recentemente. Só a partir dos anos 90 em que chefs começaram a apresentar novas ideias, sabores e ingredientes anteriormente indisponíveis.

Como eles mesmos dizem “o Reino Unido é reconhecido por uma série de contribuições culturais. Mas a comida nunca foi uma delas” e confessam que há muitas levemente bizarras.

A primeira não é exatamente comida, mas pelo menos eu não gosto do chá preto inglês. É forte e ruim demais e ainda colocam leite. O mais estranho, talvez por eu ser do Brasil e estar acostumada com os maravilhosos sucos tropicais, é que eles tomam chá o dia inteiro, acompanhado das refeições. Acho meio estranha essa mistura no estômago, mas quem sou eu pra julgar? #julgando E tem a medida certa de leite no chá, ok?

Reprodução
A segunda também não é exatamente uma comida estranha, mas um hábito. Muita gente (não é todo mundo, ok?) come arroz como prato principal. Jantar só arroz? É, sem nada, sem frango – e sem tempero. Arroz sem alho? Colocar aquele temperinho na comida não é exatamente comum na culinária inglesa. Eles adoram tacar molho em tudo, principalmente o gravy. Ps. a comida fica sem gosto mesmo assim.

Reprodução
Gravy

OK. Agora vamos para algumas comidinhas meio nojentas  típicas da Grã-Bretanha.

Você já deve conhecer ou ter pensado em experimentar o famoso English Breakfast que leva linguiças, ovos (fritos, cozidos ou mexidos), bacon e feijão. Feijão no café da manhã parece meio pesado, mas alguns acharão mais pesado o tal de haggis. Mais comum e amado na Escócia, é um bolinho preto feito com pulmões, fígado e o coração de cordeiro. Tradicionalmente, era cozido dentro do estômago do animal.

Reprodução
Haggis

Outro bolinho que talvez não te dê tanta água na boca assim é o Black Pudding, uma mistura de cebolas, gordura de porco, aveia, aromas – e sangue (geralmente de um porco). Falando em puddings (na verdade não é bem um pudim), o Sussex Pond Pudding é feito com carne de bovina cru ou gordura de carneiro e leva um limão inteiro (sementes, pele e tudo) com manteiga e açúcar e depois é fervido durante várias horas. Pera, não entendi essa receita, volta. É doce ou é salgado? 

Reprodução
Haggis

Devido à escassez de alimentos durante as guerras, os britânicos se especializaram em enlatados. Nos supermercados, você encontra vários alimentos nas latinhas, desde os mais comuns como sopas, legumes, frutas à massas. Sim, massas enlatadas como kriptonitas para italianos. Tem até ravioli enlatado… WHYYYYYYYYYYYY

Reprodução
Imagens de dor e sofrimento/Reprodução

Já que estamos falando sobre comida italiana, é bom comentar sobre as pizzas. Claro que você encontra umas muito boas, mas também há heresias. Como se já não bastasse nossos amigos cariocas e seu ketchup, aqui não é difícil encontrar pizzas com – suspira –molho barbacue, abacaxi, almôndegas e outros ingredientes que até são OK, mas numa pizza inocente. Não dá para confiar numa sociedade que coloca molho barbacue na pizza. 

Enquanto nós temos a Rainha Coxinha, os brits comem scotch eggs, ou ovos escoceses
(carne de linguiça recheada de ovo à milanesa). Talvez não seja ruim, mas eu prefiro um pastel.

Um acompanhamento meio solitário e mal compreendido é o purê de ervilhas e um prato mal amado é a torta. Servidas muitas vezes como prato principal, as tortas não são ruins ou bizarras, mas parecem que foram feitas de qualquer jeito e não são tão atraentes. Bom, a Stargazy Pie não é nem um pouco atraente. Prato típico da Cornualha, é uma torta em que as cabeças das sardinhas são ficam para fora de modo que os óleos de peixe fluam de volta. Parece que os peixes estão olhando para as estrelas – daí o nome.

Reprodução
Dá até arrepios

Mas não se engane. Os britânicos sabem cozinhar muito bem e existem pratos típicos que são deliciosos! Mas é tema para um próximo post :)

 

 

Anúncios

Um comentário em “Comidas britânicas levemente bizarras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s