É uma pena que o Brasil não possui um sistema ferroviário decente como deveria ter. Com certeza seria muito mais fácil conhecer o nosso próprio país. Na Europa, viajar de trem é comum por ser prático, relativamente barato e não poluir tanto o ambiente. A Inglaterra não tem muitas conexões com o restante da Europa (a não ser pelo Canal da Mancha com França e Bélgica), mas dá para conhecer praticamente todo o território da Rainha apenas de trem.

As principais estações saindo de Londres são King’s Cross, St. Pancras, Euston, Waterloo, Liverpool St., Victoria e Paddington. Há trens diretos para várias cidades da Inglaterra, País de Gales e a Escócia. Adquirir passagens para esses destinos é bem simples, basta comprar nas máquinas ou na bilheteria localizadas nas estações. Mas claro que a forma mais econômica é pela deusa Internet.

Reprodução/British Rail

Trainline
É possível comprar bilhetes pelo aplicativo também. Com uma boa antecedência, você encontra preços três vezes mais em conta. Aliás, mesmo na hora, às vezes é mais barato comprar pelo site ou app do que na estação. Após a finalização da compra, você receberá o código de sua reserva. No dia de sua viagem, você digita o código numa das máquinas da estação e recolhe suas passagens. Algumas vezes, pode ser que você tenha que inserir o cartão de crédito/débito com o qual fez a compra na maquininha por questão de segurança.


National Rail
É a maior empresa do Reino Unido e opera em milhares de cidades. É bom ficar ligado nas promoções com bilhetes por a partir de £5.

Uma outra forma de economizar em viagens de trem, é adquirir um railcard. Por £30 ao ano, o railcard chamado Two-Together dá direito à descontos para duas pessoas maiores de 16 anos viajando juntas. Há também outros railcards para menores de 26 anos, maiores de 60 anos e famílias.  Vale a pena para quem pretende viajar bastante de trem.

Reprodução
Virgin Trains
Trens excelentes e muito confortáveis. Assim como as outras cias, são sempre pontuais, mas claro que vez ou outra podem atrasar. Se isso acontecer, você pode solicitar o reembolso parcial ou total do valor do bilhete.  É possível se informar mais sobre atrasos e reembolsos no site da cia. de trem. Dica: não há uma enorme diferença entre a primeira e a segunda classe. Se você não quer gastar muito, vá de segunda classe, o conforto e espaço é quase o mesmo. Além da Virgin Trains, a East Coast e East Midlands também oferecem refeição e bebidas inclusas em alguns trechos na primeira classe.

Reprodução/Virgin Trains
Destinos das Virgin Trains/Reprodução

Diferente da Trainline que cobra uma taxa de reserva em alguns trechos com cartão de crédito, os sites Ticketclever e Loco2 não possuem taxa alguma. São os mesmos preços, mesmo bilhetes.

Para quem quiser se aventurar nos trens noturnos do Caledonian Sleeper com destino à Escócia, pode comprar um bilhete com cabine privativa ou compartilhada (normalmente, compartilhará com outro passageiro do mesmo sexo). A segunda classe possui duas camas por compartimento. As cabines da primeira classe são individuais e incluem café da manhã.

Reprodução/Caledonian Sleeper
Rota do Caledonian Sleeper/Reprodução

É possível comprar bilhetes de trem partindo de Londres até Belfast, por exemplo. Porém, a viagem será longa e cansativa. Chegando em Holyhead, no País de Gales, você deve ir de ferry para Dublin e de lá finalmente pegar o trem até Belfast. Para Amsterdã também não há trens diretos, é preciso fazer uma conexão em Bruxelas. Nesses casos, é melhor optar por avião.

Viajar de ônibus também é bem barato 
A empresa MegaBus às vezes possui passagens por £1. Um pouco melhor e com mais conforto, a National Express oferece mais de 50 destinos a partir de £1.50. Se você pretende visitar cidadezinhas próximas à Londres como Cambridge,  Oxford, Cardiff e Dover pode ser mais vantajoso, pois é mais barato e leva apenas um pouco mais do que trem. Se estiver em Liverpool e quiser ir até Manchester, a viagem custa por volta de £5 e leva menos que 1h30.

Reprodução

Contudo, alguns destinos mais distantes como Londres à Edimburgo levam 8 horas de estrada. Apesar do trem levar boas cinco horas, o conforto é maior. Por isso, é sempre importante ver no mapa qual é o meio de transporte ideal para sua viagem, bolso e paciência, hehe.

Para ajudar a sua vida, o site Check My Bus compara as tarifas de empresas de ônibus britânicas e internacionais. Além disso, é possível verificar serviços disponíveis à bordo, como Wi-Fi gratuito, franquia de bagagem e a localização exata dos pontos de partida e chegada.

Não se esqueça de criar uma conta no Topcashback para receber uma parte do valor da sua compra de volta. Leia mais aqui.

Anúncios

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s