As dúvidas mais comuns sobre uma viagem à Londres

Nesse post, reuni as dúvidas mais frequentes de amigos e queridos seguidores do meu instagram – se você não me segue, corre lá!

Onde você acha melhor se hospedar?
Quanto mais central, melhor. Se você está apenas visitando e vai ficar na cidade entre dois a 15 dias, evite qualquer hotel fora da zona 1 ou 2. Você pode acabar economizando na acomodação, mas vai gastar tempo e grana em transporte. Não vale a pena.

Para quem quer economizar em hotel, recomendo alugar um quarto ou apartamento no Airbnb. Acredite, vai sair mais barato, confortável e limpo do que um hostel (os hostels em Londres são ruins e caros). O Tune Hotels e o Easy Hotel não vão fazer você vender seu sangue, pois possuem um preço mais amigo e suas unidades são centrais e próximas ao metrô.

Quanto de dinheiro preciso levar?
Já comentei sobre isso nesse post aqui.

Como é o tempo?
Por incrível que pareça, Londres tem dias lindos e ensolarados até mesmo no inverno. Dezembro e Janeiro são meses gelados, mas Fevereiro às vezes é bem mais frio e tem mais chance de nevar – é o mês mais cinzento. Começa a esquentar no meiozinho de Março até ficar bem quente entre Junho e Agosto. Setembro é um mês bem agradável, não está muito calor e só começa a esfriar no maior estilo londrino, com direito à névoa fantasmagórica no final de Outubro e começo de Novembro. O pior nem é o frio em si, mas o vento que parece que esfaqueia até a sua alma.

Inverno: média fica entre -1°C e 6°C, os dias escurecem mais cedo, às 16h não tem mais sol
Primavera: os dias são frios, mas ensolarados. As temperaturas sobem de 10°C até 17°C
Verão: Chove bastante (não se esqueça que a Inglaterra é uma ilha), mas as temperaturas ficam entre 20°C e 35°C. O sol às vezes começa às 5h da manhã e vai até às 21h
Outono: as temperaturas começam a cair, ficando entre 5°C a 12°C

O que tem pra fazer em Londres?
Bem, tem o pacote basicão turista: Parlamento, Tower Bridge, Museus, Trafalgar Square, Troca da Guarda no Palácio de Buckingham. Mas no meu blog eu evito falar sobre os pontos mais turísticos de forma óbvia, daquelas que você lê em guia de viagens. Londres é bem mais do que isso. Tem muita coisa para fazer, ver, explorar e milhares de ruas para se perder. O que eu recomendo é conhecer todos esses símbolos famosos, mas sem achar que você tem que ver. Vá e aprecie, mas não faça na pressa. Mesmo que você tiver poucos dias, não faça tudo corrido com um horário apertado. Viajar não é isso, não é ir no maior número de locais, tirar milhares de fotos sem ter realmente vivenciado a paisagem. Não visite Londres. Viva Londres. Respire Londres. Experimente Londres. E também faça umas comprinhas, afinal ninguém é de ferro.

Como usar o transporte público em Londres?
O mapa do metrô é uma obra de arte abstrata. É impossível entender nos primeiros dias. O que você precisa saber antes de mais nada é: adquira seu Oyster. Com um depósito de £5 (basta devolver depois para ter seus cinco pounds de volta, calma), você pode tanto optar pelo travelcard que dá direito a viagens ilimitadas durante sete dias (£33), quanto pagar a tarifa conforme usar (pay as you go). Válido em ônibus, no metrô – o underground – e também em alguns percursos de trens. Com o Oyster, o metrô custa £2.50 cada trecho na Zona 1, a zona mais central – ao invés de £4.90 em bilhete comum – e £1.50 nos trechos de ônibus.

Linhas do metrô mais usadas por turistas: 
Central Line  inclui as estações Notting Hill Gate, Holborn, St. Pauls e a Oxford Circus – uma  das mais tumultuadas da cidade. Dica: desça na próxima estação, a Bond Street para evitar a multidão.
Jubilee Line – linha mais recente e moderna, use-a para visitar o London Eye (Waterloo Station) e o Palácio de Buckingham (St James Park ou Green Park).
Northern Line – com estações no norte e no sul de Londres, é a linha para chegar até Camden Town.
Piccadilly Line – Tem acesso ao aeroporto Heathrow, zona 6; Russel Square onde fica o British Museum; Covent Garden, Leicester Square e Piccadilly Circus são lotadas, tente usar uma antes ou uma depois.

Onde fazer comprinhas básicas?
Nas famosas ruas Oxford Street e Regent Street. Há também dois shoppings legais para ir em dia de chuva, o Westfield Stratford no leste da cidade e o Westfield White City, no oeste, ambos são possíveis acessar pela Central Line.

Onde compro ingressos para as atrações?
Madame Tussaud’s, London Eye, Tower of London, entre outros possuem bilheterias no local, mas o ideal é comprar no site oficial de cada ponto para economizar boas libras.

Quantos dias são suficientes para aproveitar a cidade?
O ideal é pelo menos cinco dias inteiros para conseguir conhecer sem sufoco os pontos principais da cidade. Mas acredite, você ainda vai achar pouco e querer voltar por pelo menos um mês inteiro!

Foto: Pedro Szekely

Tem alguma outra dúvida sobre Londres/Inglaterra? Coloque nos comentários!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s