O lado chato de Londres

Reprodução

Eu amo Londres, mas às vezes não gosto ou não tenho paciência para certas coisas. Aqui uma lista com algumas delas, com certeza tem mais e terá mais num futuro não tão distante.

  1. Cumprimentar com aperto de mão
    Sério. Isso me irrita toda vez. E não é só porque é meio esquisito e formal. Onde essas pessoas colocaram a mão antes? Na boa, véi. Eu já vi muita gente não lavar a mão aqui depois que usa o banheiro…
  2. A comida
    Sim, existem restaurantes bons e não é impossível cozinhar um bom prato em casa gastando pouco. Mesmo assim, às vezes olho as comidas aqui e dá vontade de vomitar. Cada gororoba que meu Deus. E o jeito que eles comem? Engolem umas coisas sem sentir o gosto e apreciar o sabor. Comem por comer como se fosse uma obrigação árdua e dolorosa. COMER É UMA COISA MARAVILHOSA!
  3. O clima
    Tá, tá. Eu sei. Estou na Inglaterra e o clima sucks. Mas a previsão do tempo aqui é tipo promessa de político, falam que vai ficar menos frio e não acontece. O problema nem é tanto o frio em si, mas a porra desse vento todo dia na minha cara e na minha alma. Tem uns dias que é tão intenso que eu sinto vontade de socar esse vento desgraçado. E o calor nem é tão calor assim. É engraçado ver a galera derretendo quando faz só uns 20º C ou um solzinho vagabundo. Se chove, não refresca, apenas fica bem frio. Dentro das casas, fica quente e completamente sem ar. É horrível. Mas frio mesmo é o coração das pessoas aqui.

  4. Abrir uma conta
    MEU DEUS. No Brasil e na Suíça abrir uma conta é de boa, mas aqui é uma missão impossível. Você tem que se aplicar online, preencher um monte de coisas pra depois não irem com sua cara. É realmente difícil tentar abrir uma conta no próprio banco. Você tem que agendar um horário com muita antecedência, quem sabe mês que vem, meu filho. E não se esqueça de levar todos os documentos possíveis. O lado bom é que não se paga mensalidade, mas esquece o lance de ter cartão de crédito, amiga.
  5. Ônibus lentos
    Seja com trânsito intenso ou não, os ônibus aqui são lentos. É tão lento, mas tão lento que às vezes sinto saudades dos motoristas vida loka em São Paulo. Um percurso que demoraria meia hora, leva duas horas. É mais rápido ir a pé. Mas claro, a vantagem é ver Londres toda pela janelinha.
  6. Aluguel
    Não é novidade que Londres é uma das cidades mais caras do mundo para se viver. Encontrar um lugar para morar é extremamente difícil porque ou é caro demais ou é horrível demais ou é alguma outra coisa. Certeza que tem rato aí, Meu Deus isso é mofo?, Que cozinha nojenta, Esse banheiro é assustador são algumas das coisas que você pode encontrar. E claro, o preço não é um dos mais camaradas. E a localização pode ser ainda pior. Uma coisa que para mim era um critério importantíssimo: banheiro privativo. Seus flatmates serão as pessoas mais horríveis que você vai conhecer na sua vida e você vai cogitar assassinato.
  7. Panelinhas étnicas
    No Brasil tem muito preconceito, óbvio. Mas como somos o país mais miscigenado do planeta, é completamente normal ter amigos de várias origens diferentes. Claro que tem panelinhas só de patricinhas loiras, por exemplo haha. Mas sei lá, posso estar enganada, mas em geral a maioria dos grupos de amigos e até famílias são misturadas. Tem pelo menos um asiático, um negro, um alienígena. Aqui é praticamente nítido que eles não se misturam muito com outras “tribos”. Muçulmanos com muçulmanos, negros com negros, italianos com italianos, chineses com chineses, coreanos com coreanos. É muito esquisito ver essa sociedade dividida e homogênea. Vamos abrasileirar, galera!
  8. Coxinhas inglesas
    Não sei se vocês andam acompanhado as últimas notícias sobre as políticas bem conservadoras que o Reino Unido anda declarando por aí (além da atitude do governo Cameron, a Betinha fez um discurso bem hostil recentemente). Em resumo, querem a Grã-Bretanha para os Britânicos e não querem direitos humanos (porque isso estraga o país). Um outro exemplo é o quão são bem mal informados e também pouco solidários com os imigrantes africanos que naufragam no oceanos. Os coxinhas do Brasil, os petralhas, os que comentam em portais são inocentes perto das coxinhas inglesas que diga se de passagem, não têm recheio de catupiry.
  9. Suco de laranja
    A laranja aqui é de cor laranja (diferente no Brasil que tem laranja verde hehe), mas é amarga. Não que o suco daqui seja a ser horrível, mas parece que sugaram as alegrias das laranjas. E tem uma tal de laranja clementine que dizem ser uma das melhores, mas juro que parece que… hum, que peidaram dentro do suco.
  10. Fedor
    Acho meio autoexplicativo, né? Ninguém nunca ouviu falar no lema brazuca “Sou pobre, mas sou limpinho” (e cheiroso). E tipo… Puta merda! Tem gente que nunca tomou banho nessa vida aqui. Ah, e também tem umas pessoas com bafo podre. SOCORRO.
Anúncios

6 comentários em “O lado chato de Londres

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s