Como sobreviver sem coxinha em Londres

A resposta é óbvia: não dá. A não ser que você cometa heresia e não goste de coxinha, guaraná, suco natural de maracujá, brigadeiro e afins, é de boa. Mas acredito que ninguém – brasileiro ou gringo que descobriu o lado bom da vida – chegue a esse nível elevado de psicopata.

Ostentação

Meu corpo ainda está se adaptando à comida meio sem vida, meio sem gosto, meio sem alma de Londres. O que me faz ter força para viver é que estou pertinho da Itália e da Espanha, uns dos poucos países europeus que a gastronomia é sagrada.  Lá, eles não engolem a comida ou comem só por comer. Ou almoçam uma gororoba super nojenta e fedida no metrô. Sim, estou julgando os londrinos. Não sei como eles sobrevivem tantos anos atacando o estômago com porcaria. Para alguns deles, qualquer coisa é comida. Jantam bala ou sorvete, almoçam alguma coisa cheia de molho só pra dar gosto e às vezes comem arroz sem nada no café da manhã. Eu que sou estranha de desejar pão francês fresquinho. Sem contar que eles acham que pizza de verdade tem que ter carne e não queijo (!!!) e ser destruída com molho barbecue. Isso dói, sabe. Chega a ser desesperador ver o que eles fazem com as pobres e inocentes pizzas. Pior do que os cariocas que colocam ketchup e maionese xD

Mas sim, tem restaurantes bons em Londres. O problema é que tudo aqui parece que falta alguma coisa. Um temperinho, um ziriguidum. Ao invés de cebola, alho, salsinha ou o que for, tacam pimenta. Em tudo, literalmente. Frango com pimenta, batata frita com pimenta, salada com pimenta, hambúrguer com pimenta. Não que eu não goste de pimenta. Mas parça, vamos com calma.

Jamie Oliver, Gordon Ramsay e a Nigella são grandes chefs e a fama da culinária inglesa está mudando de uns tempos pra cá. Além disso, Londres é a capital do mundo, você encontra gastronomia do planeta inteiro aqui. O problema nem é esse. O problema é onde encontrar comidinhas que faz nos lembrarmos do nosso lar doidão, o Brasil. Não vá com muitas expectativas, meu jovem. Nem o arroz aqui é igual ao que tem no Brasil. E não, não tem requeijão, catupiry e não é tão fácil achar leite condensado.

Brazilian Centre, Seven Sisters
Abre todos os dias das 9h às 20h. Domingo fecha às 17h. 673 Seven Sisters Road

Brasileiro tem em todo canto, então não é nenhuma surpresa ou dificuldade extrema encontrar lojinhas e mercadinhos por aí. Um dos que tem melhor e maior variedade, fica em Seven Sisters (praticamente do lado da estação do metrô de mesmo nome, linha Victoria). Lá tem Guaraná, pão de queijo, aquela pipoquinha doce e vagabunda que a gente ama e mais milhares de coisas, inclusive um açougueiro.

Para os coxinhas lovers, o Cantinho da Maya é o lugar certo pra ir em Bermondsey (250 Jamaica Road). A dona é uma brasileira e um caribenho gente fina que fala português muito bem. Além de coxinha, o lugar oferece outros salgados, suco em polpa, açaí, feijoada, sanduíches, brigadeiro, pamonha, pastel e outros produtos brasileiros. Tem até uma prateleira com livros em português.

Aproveite que você está aí perto e vá dá uma olhada no supermercado Tesco que tem uma prateleira só com alimentos brasileiros, incluindo café (estação Canada Water, Jubilee Line).

Loja brazuca
Cantinho da Maya

Agora, pra quem ama carne, má notícia. É quase impossível encontrar picanha – ou pelo menos carne boa que não custe cerca de 60 reais uns dois filetzinhos. Mas existe restaurantes brasileiros e melhor, churrascarias! A melhor é a Rodízio Preto (http://rodiziopreto.co.uk), fui algumas vezes e está aprovada. Claro, não é igual no Brasil, mas quebra o galho! Se você tiver sorte, às vezes até servem coxinha no buffet. Porém, o preço não é dos mais amigos e pode custar até £30 um jantar por pessoa. Esqueça as sobremesas, não valem a pena, principalmente o quindim que mal tem gosto ou aparência de quindim. Cuidado também que tem vários outros restaurantes brasileiros que não têm boa fama (Brazil by Kilo e Rodízio Rico – já me contaram até que estavam servindo carne estragada no Rodízio Rico, pelo menos é o que disseram) e também tem outros que se dizem brasileiros, mas são portugueses ou argentinos ou alguma outra coisa. É engraçado ver alguns outros restaurantes falarem que servem comida típica brasileira e quando você olha o cardápio aquilo é tudo, menos comida brasileira. Fica enganando as bicha gringa, fica…

Há muitos outros lugares brazucas em Londres, principalmente em Queensway. Mas esses são alguns dos tops que eu já fui e recomendo. Vai te custar boas libras e talvez um rim, mas não converta. Talvez não dê para enganar seu estômago, mas dá para dar um truque no coração. E enquanto isso, vamos empurrando a vida londrina com a barriga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s