Peregrinari ergo sum
Do latim: Viajo, logo existo.
Acabei de inventar essa frase no Google Translate.

Mas é pra argumentar que viajar é muito mais do que visitar os States pra praticar seu inglês mofado. É muito mais do que comprinhas em outlets.

Viajar é viver, é existir.
Viajar é tocar o mundo com seus próprios dedos. Tudo aquilo que você ouviu falar, viu em fotos se desconstroem. Novos cheiros, novas texturas, novos sabores, novas paisagens e principalmente novos olhares se constroem.

Ser viajante do mundo (e não turista bobão) é sair da zona de conforto. Isso não significa que você não pode ter comforto numa viagem e que vai ficar hospedado nos lugares mais sujos do planeta. Sair da zona de conforto é desafiar o seu ser, é esquecer que há limites, é acreditar que tudo é possível. Seus pré-conceitos, medos, ficam pra trás.

Saber viajar é saber viver, sabia? xD
Você pagou uma boa grana na passagem aérea, seguro, renovação do passaporte, euros, libras, fatura do cartão de crédito. Ficou oito meses sem comprar um tênis novo, sem sair pra jantar com os amigos, sem comprar novos quinze livros pra preencher a prateleira com outros livros que você ainda não terminou de ler. Deixou de saborear um pouquinho do presente para poder desfrutar no futuro.

Enquanto estamos viajando, queremos aproveitar todas as oportunidades que aparecem. Isso acontece não só porque tempo é dinheiro, mas principalmente porque não teremos outra chance. Se a vida te dá um limão, faça uma limonada, uma caipirinha, tome com tequila, mas não jogue o limão no lixo. A vida não é contada em minutos ou conquistas e sim em momentos. Ou até mesmo ciladas. Ninguém sai perdendo, pois “viajar é a única coisa que você compra e fica mais rico”.

Tem muita gente expert em viagens. Ah, eu conheço o melhor restaurante de Paris/Londres bla bla blá. Mas a arte de viajar na verdade não é isso. Não é encontrar o melhor restaurante, bar, café, brownie, carne, waffle. A arte de viajar é enxergar o que há por trás de rabiscos. A arte de viajar é se perder em ruelas e becos que ninguém mais entra e se inspirar por um cenário que pode parecer rotineiro. A arte de viajar é encontrar o belo que se esconde no comum. É tirar fotografias com olhos, corpo, mente, alma e em outros ângulos.

A arte de viajar é encontrar o melhor de você em você mesmo.

Viajar é escapar do óbvio.
Viajando encontramos mini paraísos onde menos esperamos.
Viajar é levar uma vida menos mimimi. Viajar aumenta nossa compaixão, seja com os velhinhos, com os estranhos perdidos que pedem por direções, pela natureza, pelo nosso país e seus habitantes. Nos tornamos pessoas melhores tanto porque aprendemos mais sobre nós mesmos quanto porque compreendemos as limitações e capacidades do outro. Passamos a amar mais e amar de verdade. Amar nossa cultura, nosso idioma, amar as diferenças, amar a nós mesmos e quem está longe. Amamos até ter cada vez mais saudades, e a ter mais dias de viagem e de aventuras. Amamos muito mais a comida caseira de nossos pais ou o macarrão esquisito dos nossos irmãos. Ah, suco de maracujá, coxinha, requeijão. Nosso travesseiro se torna o melhor da Galáxia e vamos dar até um abraço nas panelas.

A vida tem mais valor. E coisas materiais, bom, a gente desapega rapidinho. Se nossa mala for extraviada – sim, vamos ficar chateados – mas as memórias estão todas guardadas, dobradinhas e embaladas seguramente dentro de nosso coração.

Não importa quantos euros você tem no bolso ainda ou quantos países você conheceu. O que importa são as infinitas experiências que tivemos e tocamos com outro olhar e alma aberta. Pequenos momentos, que podem parecer insignificantes, pessoas estranhas e sorrisos perdidos que nunca mais iremos ver, mas que de uma maneira ou de outra, causaram um impacto na gente. E com pequenos tijolos construíram o sentido e a direção de nossa vida, mesmo que só por uma época. É isso que dá dignidade à nossa existência.

Anúncios

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s